quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Sabe qual foi a melhor coisa que você já fez por mim? De todos os nossos momentos, o melhor?
Foi um dia que vc foi ver a peça de teatro em que eu estava apresentando, lembra?
Eu só mandei um torpedo, mandando vc estar lá, e quando as luzes se apagaram te procurei, olhava para a porta, eu começava na platéia lembro bem. Aí você apareceu sentou ao meu lado e me beijou com tamanha doçura e perguntou: "Você não deveria estar lá?" apontando para o palco. Eu apresentei o espetáculo todo com lágrimas nos olhos, me contaminei com a emoção de saber que mesmo depois de tudo, de todas as brigas, de todas as reviravoltas, você estava lá, num dos momentos mais essenciais da minha vida. E retocando a maquiagem, na correria entre cochia/palco/camarim, eu senti, senti de novo. Senti que eu estava muito feliz em só poder te amar, e que o que eu sentia, você poderia sentir. Uma prova disso era você na platéia, esperando acabar para me beijar de novo.

Nenhum comentário:

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
"Sou somente uma alma em tentação, Em rota de colisão. Deslocada, estranha e aqui presente." Lenine (fere e rente)